20 de julho de 2024
AgronegócioNotíciasPolíciaÚltimas

Colaboradores de uma empresa em Goiânia sofrem com a indisposição após a aplicação de produtos químicos para controle de pragas

Conforme informações dos bombeiros, a desinfestação estava em andamento nas proximidades do galpão onde os funcionários estavam exercendo suas funções. As pessoas afetadas já foram liberadas do atendimento médico e estão em processo de recuperação em seus domicílios.

Seis trabalhadores foram afetados por uma exposição a inseticidas e apresentaram sintomas de mal-estar após uma empresa realizar um processo de desinfestação na sexta-feira (8) em Goiânia. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, as vítimas manifestaram dores de cabeça, náuseas e tosse. O incidente ocorreu em um conjunto de armazéns localizados às margens da BR-153.

De acordo com relatos das vítimas aos bombeiros, eles estavam executando suas tarefas dentro de um dos armazéns quando começaram a se sentir mal. Conforme consta na ocorrência, uma dedetização ocorreu nas proximidades do galpão onde os funcionários estavam trabalhando, e partículas do inseticida aparentemente se espalharam para o seu interior. Os resgatadores resgataram as vítimas e as transportaram para o hospital.

O Tenente do Corpo de Bombeiros, Castro Alves, explicou que, após o atendimento às vítimas, uma equipe realizou uma inspeção interna nas instalações para verificar se havia outras pessoas afetadas. Em seguida, abriram janelas e portas para permitir a ventilação natural. Felizmente, o Corpo de Bombeiros informou que não houve vítimas em estado grave. As circunstâncias do incidente serão investigadas pela polícia, caso os funcionários ou a empresa responsável optem por registrar um boletim de ocorrência. A corporação também enfatizou a importância de garantir que não haja pessoas próximas durante os procedimentos de dedetização.

Em comunicado, a empresa responsável pelos armazéns afirmou que o ocorrido foi um incidente isolado e que a situação está sob controle. A empresa informou que os funcionários foram socorridos, receberam tratamento médico e já estão em suas residências. Além disso, a empresa garantiu que está oferecendo todo o suporte necessário às pessoas afetadas e que está investigando a causa do incidente.