24 de julho de 2024
NotíciasTecnologiaÚltimas

Novo mural de grafite foi criado na Vila Cultural Cora Coralina, em Goiânia.

Sob o título de “Cerrado Resiste”, os artistas Paulo Paiva e Jhon Paz colaboraram para criar uma obra temporária que explora a conexão entre a humanidade e o meio ambiente.

Obra dos artistas Paulo Paiva e Jhon Paz intitulada “Cerrado Resiste” (Foto Secult)

Um novo painel artístico foi adicionado às instalações da Vila Cultural Cora Coralina. A obra, intitulada “Cerrado Resiste”, é fruto da colaboração entre os artistas Paulo Paiva e Jhon Paz, apresentando uma fusão de caligrafias urbanas e elementos de grafite, entre outros elementos visuais.

Este mural de oito metros é uma extensão de um projeto de Paulo Paiva, que também é arquiteto e tatuador. Ele emprega várias linguagens artísticas para retratar a tenacidade das comunidades do Cerrado e sua relação com a vida selvagem local.

A obra, que permanecerá no local até novembro, foi concebida em comemoração ao aniversário de Cora Coralina e tem como objetivo revitalizar as raízes goianas, enfocando a arquitetura, a cultura local e os símbolos do bioma.

Paulo Paiva destaca: “As pessoas devem compreender que a arte não se destina apenas a agradar; ela é um meio de transmitir uma mensagem, de perturbar e de induzir à reflexão sobre a produção capitalista e o equilíbrio ambiental, e a intervenção com piche está intrinsecamente conectada a tudo isso”.

A nova instalação é parte do projeto “A Vila é nossa”, uma iniciativa que visa promover o uso do espaço, o qual abriga diversos eventos e exposições de arte locais e nacionais. Painéis de artistas goianos como Santhiago Selon e Deneri já passaram por essa localidade.

A Vila Cultural Cora Coralina é uma unidade do Governo de Goiás, vinculada à Secretaria de Estado da Cultura (Secult). As visitas podem ser feitas todos os dias, das 9h às 17h, com entrada gratuita.