20 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Operação Fogueteiros prende condutores por manobras proibidas na GO-070.

A PRF, em conjunto com o Ministério Público Federal, tomou as medidas necessárias para garantir a segurança nas rodovias e coibir comportamentos perigosos.

No último domingo, 1º de outubro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma operação de combate a motociclistas irresponsáveis na BR-070, após receber denúncias sobre condutores que estavam colocando em risco a segurança viária e a população local. Os infratores estavam envolvidos em atividades perigosas, como disputas de corridas, práticas de “superman” e empinamento de motocicletas, sem o uso de capacetes, o que tornava a situação ainda mais arriscada.

A PRF, em conjunto com o Ministério Público Federal, tomou as medidas necessárias para garantir a segurança nas rodovias e coibir comportamentos perigosos. Entre as ações realizadas, a apreensão de várias motocicletas revelou diversas irregularidades, como a falta de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), licenciamento vencido, pneus em condições precárias, ausência de placas de identificação e retrovisores, além da falta de rabetas e escapamentos adulterados.

Os veículos apreendidos foram encaminhados para o pátio da Polícia Rodoviária Federal, onde ficarão à disposição das autoridades competentes. A PRF alerta para os perigos associados à prática de “rachas” e demonstrações de manobras perigosas, que podem resultar em acidentes graves, ferimentos e até mesmo mortes.

Os condutores envolvidos na operação foram notificados com base no artigo 175 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), que classifica a infração como gravíssima. Conforme a legislação, os infratores estão sujeitos a multa no valor de R$ 2.934,47 e terão 7 pontos adicionados à Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

A ação conjunta entre a PRF e o Ministério Público Federal reforça o compromisso das autoridades em coibir práticas perigosas no trânsito e garantir a segurança de todos os usuários das rodovias, bem como da população local. A fiscalização e a aplicação rigorosa da lei são medidas essenciais para prevenir acidentes e salvar vidas. Portanto, a conscientização dos condutores e o respeito às normas de trânsito são fundamentais para um tráfego mais seguro.