22 de julho de 2024
NotíciasPolíciaSaúdeÚltimas

Um documentário sobre a atuação do Sistema Único de Saúde (SUS) no incêndio da Boate Kiss será lançado pelo Ministério da Saúde.

Em comemoração aos 10 anos da tragédia na Boate Kiss, em Santa Maria (RS), o Ministério da Saúde lançará no próximo mês o documentário “Saúde no Limite da Dor”. Dirigido pela comunicadora travesti Taya Carneiro, a obra será dividida em três episódios e abordará a atuação do SUS no atendimento às vítimas do incêndio. O documentário contará com depoimentos de agentes que socorreram as vítimas, mostrando a mobilização do SUS nas primeiras horas após a tragédia. Também serão destacados a importância da presença de autoridades no local, como a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha. O acolhimento aos familiares das vítimas, o processo de reconhecimento dos corpos e o transporte do antídoto ao cianeto, gás tóxico que causou muitas das mortes na boate, serão alguns dos temas abordados na obra. O trailer do documentário será lançado na próxima quinta-feira (2), enquanto a série completa será disponibilizada nas mídias sociais do Ministério da Saúde e servirá como material didático do Curso de Emergências Biológicas Complexas do Programa de Formação em Emergências em Saúde Pública (Profesp).