12 de julho de 2024
PolíticaSaúdeÚltimas

Goiás Avança na Universalização do Saneamento: Microrregiões como Caminho para a Qualidade de Vida

O estado de Goiás está celebrando um marco significativo em sua busca pela universalização dos serviços de saneamento básico.

Ronaldo Caiado destaca importância das Microrregiões de Saneamento Básico: “É uma etapa vencida e superada daquilo que era tido como impossível de ser resolvido em Goiás” (Foto: Wesley Costa)

O governador Ronaldo Caiado liderou a 1ª Assembleia Extraordinária dos Colegiados Microrregionais em Goiânia, reunindo gestores de 246 municípios. Este evento histórico marca a criação das Microrregiões de Saneamento Básico (MSBs) e destaca a importância do diálogo na resolução dos desafios de saneamento do estado.

Diálogo e Parcerias Estratégicas

Ronaldo Caiado enfatizou a importância do diálogo na resolução de questões de saneamento. Ele ressaltou que a parceria com a iniciativa privada será fundamental para fortalecer a oferta de água tratada e saneamento em todo o estado. O governador destacou que, em Goiás, todas as soluções são construídas com base no entendimento, na imparcialidade e na busca por tratamento igualitário para todos os 7 milhões de goianos.

Microrregiões de Saneamento Básico

As MSBs foram criadas de acordo com o Novo Marco Legal do Saneamento e dividem o estado em três microrregiões: Oeste, Centro e Leste. Cada microrregião é composta por um grupo de municípios que trabalharão em conjunto com o estado para desenvolver estratégias, ações e investimentos visando alcançar a universalização do saneamento até 2033.

Ronaldo Caiado explicou que a criação das microrregiões visa garantir a qualidade da água tratada e do esgoto em todos os municípios, inclusive os menores, por meio da participação conjunta dos maiores e menores municípios.

Universalização do Saneamento: Uma Missão Social

O secretário de Estado da Infraestrutura, Pedro Sales, destacou que o estado tem a responsabilidade de garantir a função social do saneamento, assegurando que todas as regiões tenham acesso a água tratada e rede de esgoto. As MSBs proporcionam aos municípios maior autonomia e força na tomada de decisões estratégicas e na busca por investimentos para atender a todas as comunidades.

Blocos Regionais e Integração

A Lei do Novo Marco Legal de Saneamento exige que os municípios se integrem em blocos regionais para acessar recursos federais. As microrregiões permitirão a prestação de serviços de forma regionalizada e integrada, abrangendo não apenas água e esgoto, mas também resíduos sólidos e drenagem. Essa abordagem mais abrangente permitirá que o estado trabalhe em estreita colaboração com os municípios na busca por estratégias eficazes e projetos para a universalização do saneamento em Goiás.

Avançando Rumo à Qualidade de Vida

As Microrregiões de Saneamento Básico são um passo crucial na busca por uma melhor qualidade de vida para os habitantes de Goiás. Com o envolvimento de municípios de todos os tamanhos e parcerias estratégicas, o estado está comprometido em resolver os desafios de saneamento, promovendo o acesso à água tratada, saneamento adequado e gestão de resíduos sólidos, tornando Goiás um lugar melhor para se viver.