20 de julho de 2024
SaúdeÚltimas

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado, tomou a dose de reforço da vacina bivalente contra a Covid-19 e incentivou a população a confiar na ciência.

Na terça-feira (28), o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, recebeu a dose de reforço da vacina bivalente contra a Covid-19 no Centro Municipal de Vacinação e Orientação ao Viajante (CMV) do Setor Pedro Ludovico, em Goiânia. Ele destacou a importância da imunização para evitar a volta da pandemia e pediu que as pessoas acreditem na ciência e cuidem umas das outras. A vacina bivalente é capaz de proteger a população contra a cepa original do coronavírus e as subvariantes ômicron e só é administrada para aqueles que já receberam pelo menos duas doses da vacina monovalente, com intervalo de 4 meses desde a última aplicação. A campanha de vacinação é dividida em cinco fases e já está em andamento em todo o Brasil. Em Goiás, os 246 municípios estão abastecidos com o imunizante e a previsão é de que até o final da última fase, prevista para 17 de abril, 90% da população-alvo tenha sido vacinada. O objetivo da vacinação com a bivalente é ampliar a resposta imune específica à variante ômicron e aumentar a proteção da população.

  • Fase 1 (a partir de 27/02): Pessoas acima de 70 anos; pacientes imunossuprimidos a partir de 12 anos; pessoas vivendo em ILPs (instituições de longa permanência) e comunidades indígenas, ribeirinhas e quilombolas;
  • Fase 2 (a partir de 06/03): Pessoas de 60 a 69 anos;
  • Fase 3 (a partir de 20/03): Gestantes e puérperas;
  • Fase 4 (a partir de 17/04): Profissionais da saúde;
  • Fase 5 (a partir de 17/04): Pessoas com deficiência permanente a partir de 12 anos,
    pessoas privadas de liberdade e adolescentes cumprindo medidas socioeducativas.