24 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Vídeo mostra o veículo do suspeito circulando pela via onde o corpo da menina foi descoberto, afirma a polícia civil.

O indivíduo, já acusado de estupro contra sua enteada, teve seus veículo e telefone confiscados pela polícia.

O registro das câmeras de segurança capturou o momento em que o veículo do suspeito, acusado de ser o responsável pela morte da estudante Amélia Vitória de Jesus, de 14 anos, transitou por uma rua próxima ao local onde seu corpo foi encontrado. A informação foi divulgada pela Guarda Civil Metropolitana (GCM). Tanto o automóvel quanto o celular do condutor foram apreendidos no sábado (3), o mesmo dia em que o corpo da estudante foi descoberto.

Conforme a Polícia Militar (PM), a identificação do veículo foi possível graças às características fornecidas, permitindo a localização. Durante a abordagem, o motorista apresentou uma “versão contraditória”, mas foi liberado devido à “ausência de provas materiais” vinculando-o ao crime. O veículo e o celular, que continha conteúdo pornográfico, foram apreendidos.

Adicionalmente, o condutor do carro enfrenta acusações pelo crime de estupro contra sua enteada, ocorrido em 2022, quando a adolescente tinha 15 anos e engravidou, conforme informações da PM.

No domingo (3), a casa alugada pelo suspeito foi incendiada por populares, como relatado pelo Corpo de Bombeiros. O incêndio foi controlado, mas danificou a sala, a cozinha e alguns objetos não identificados. O suspeito não estava na residência no momento do ocorrido.

A Polícia Científica de Aparecida de Goiânia realizou uma perícia na casa onde a estudante teria estado antes de desaparecer. Cães farejadores da Polícia Militar encontraram vestígios da jovem em uma área de mata nas proximidades, momentos antes de ela ser vista pela última vez.

O desaparecimento de Amélia Vitória ocorreu na quinta-feira (30), e seu corpo foi encontrado no sábado (2). O pai da vítima, Willian Alves, reconheceu as roupas no corpo antes da confirmação oficial, enquanto a mãe, por meio das redes sociais, expressou sua dor após a confirmação da morte da filha.