20 de julho de 2024
NegóciosNotíciasÚltimas

Cerca de meio milhão de declarações do Imposto de Renda foram enviadas nas duas primeiras horas do prazo de entrega.

De acordo com a Receita Federal, quase 500 mil declarações do Imposto de Renda foram entregues nas primeiras horas desta quarta-feira (15), que marca o início do prazo para o envio da declaração referente ao ano de 2023. O estado de São Paulo lidera a lista com 144.808 envios, seguido por Rio de Janeiro (44.540), Minas Gerais (39.671), Rio Grande do Sul (27.654) e Bahia (24.887). Houve relatos de instabilidade no aplicativo Meu Imposto de Renda e no e-CAC, mas a Receita informou que a situação está sendo resolvida. A entrega das declarações pode ser feita até o dia 31 de maio, e quem não cumprir o prazo estará sujeito a multa, que pode chegar a 20% do imposto devido no ano. Além disso, foram liberadas outras opções como a declaração pré-preenchida e o aplicativo atualizado para celular e tablet.

DATAS

Aqueles que já baixaram o programa podem utilizar a opção de declaração pré-preenchida simplesmente autenticando sua conta gov.br nos níveis ouro ou prata dentro do programa. Para aqueles que desejam fazer a declaração do IR 2023 em smartphones, será necessário baixar uma nova versão do aplicativo Meu Imposto de Renda. Essa nova versão deve ser disponibilizada no Google Play (Android) e na App Store (Apple) ainda hoje, 15 de março. É importante lembrar que a responsabilidade pela declaração é do próprio contribuinte, que deve verificar cuidadosamente as informações recuperadas pela pré-preenchida com seus comprovantes de rendimentos recebidos. O contribuinte é obrigado a complementar as informações não recuperadas e a fonte de informações da pré-preenchida (empresas, bancos, imobiliárias, clínicas médicas, etc.) também pode cometer erros ou ainda não ter enviado as informações necessárias. O prazo de entrega da declaração começa em 15 de março e vai até 31 de maio.

Acesse aqui todas as informações sobre a Declaração do Imposto de Renda 2023.