12 de julho de 2024
NotíciasPolíticaÚltimas

Bruno Peixoto foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de Goiás por unanimidade.

O deputado Bruno Peixoto (UB) foi eleito presidente da Assembleia Legislativa de Goiás por unanimidade nesta quarta-feira (1º). Peixoto, que liderou o governo na última legislatura, articulou sua eleição desde o final das eleições de 2022, realizando mudanças na Casa Legislativa, como a proibição de reeleição do presidente, a criação de duas novas vagas na mesa diretora e duas cadeiras nas principais comissões, além da criação do auxílio-alimentação para os servidores dos gabinetes.

Durante a cerimônia de posse, o governador Ronaldo Caiado (UB) ressaltou a importância da Assembleia Legislativa de Goiás no sucesso do governo e pediu aos empossados que trabalhem com celeridade para atender às necessidades do estado. Ele destacou a necessidade de focar nas obras e garantir agilidade nas votações para cumprir o compromisso de seu segundo mandato, que é romper o ciclo de pobreza em Goiás.

O novo presidente da Assembleia Legislativa de Goiás convocou uma sessão extraordinária para esta quinta-feira (02), às 14h, na qual serão apreciadas matérias e definida a composição das comissões. A 20ª legislatura oficialmente iniciará em 15 de fevereiro. Haverá também mudanças para acomodar aliados que apoiaram a eleição de Bruno Peixoto, mas que perderam as eleições, como os deputados Francisco Oliveira e Henrique Arantes, ambos do MDB, e os parlamentares do partido do governador, UB, Álvaro Guimarães, Chico KGL, Dr. Antônio, Rubens Marques e Tião Caroço.

Veja como ficou a Mesa Diretora:

Presidente: Bruno Peixoto (UB)
1º Vice-presidente: Charles Bento (MDB)
2º Vice-presidente: Clécio Alves (Republicanos)
3º Vice-presidente: Antônio Gomide (PT)
1º Vice-presidente corregedor: Cairo Salim (PSD)
2º Vice-presidente corregedor: Lucas do Vale (MDB)
1º Secretário: Virmondes Cruvinel (UB)
2º Secretário: Júlio Pina (PRTB)
3º Secretário: Amauri Ribeiro (UB)
4º Secretário: Gugu Nader (Agir)