24 de julho de 2024
EsporteNotíciasÚltimas

O Goiás chegou ao sétimo jogo consecutivo sem perder na Série A do Campeonato Brasileiro.

Goiás assegura empate contra o Corinthians e conquista seus primeiros pontos na Neo Química Arena.

O Goiás ampliou sua sequência de invencibilidade para sete jogos consecutivos na Série A do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (26), à noite, o time esmeraldino deslocou-se até a Neo Química Arena, em São Paulo-SP, para um embate contra o Corinthians, onde o resultado final foi um empate de 1 a 1. O Goiás abriu o placar com um gol de Guilherme, enquanto o Corinthians nivelou as coisas com um gol de Maycon. Com essa partida, o Goiás soma 24 pontos, enquanto o Corinthians acumula 25.

No campo de jogo, o Goiás encarou uma formação mista do Corinthians, que concentrou suas atenções na Copa Sul-Americana. Enquanto isso, o técnico Armando Evangelista, confiante na boa fase do Goiás na Série A, manteve uma base sólida do time titular, sustentando um esquema tático com três atacantes.

No primeiro tempo, poucas oportunidades se concretizaram para ambas as equipes. O Corinthians protestou por um possível pênalti próximo ao fim do tempo, porém o árbitro não assinalou a infração. O Goiás, aplicando uma marcação intensa, aguardou pelo momento propício para criar chances de gol, o que acabou conseguindo. Por outro lado, os donos da casa mal conseguiram ameaçar o goleiro Tadeu.

Na segunda metade, nos primeiros minutos, o Goiás também reivindicou um pênalti que não foi concedido. O Esmeraldino prosseguiu com pressão, estabeleceu uma marcação eficaz e dificultou a saída de bola do Corinthians, até que em um lance específico, João Magno foi derrubado dentro da grande área após uma jogada em conjunto com Anderson Oliveira. Guilherme assumiu a cobrança do pênalti e com precisão enviou a bola para o fundo das redes, inaugurando o marcador para a equipe goiana.

Em busca da igualdade no placar, o Corinthians se lançou ao ataque e inseriu alguns de seus principais jogadores, incluindo o experiente meia Renato Augusto, que teve um papel crucial no empate. Maycon, também entrando durante o jogo, roubou a posse de bola de Willian Oliveira, combinou jogadas com o ex-jogador da seleção brasileira e, de peito, enviou a bola para o fundo das redes, sem dar qualquer oportunidade ao goleiro Tadeu.