24 de julho de 2024
AgronegócioEconomiaNegóciosÚltimas

Goiás Destaca-se entre as Potências do Agronegócio Brasileiro: IBGE Revela Cidades entre as Mais Ricas

Um estudo identificou os municípios que lideram a produção de grãos em todo o país.
Duas cidades de Goiás entre as dez mais ricas do agronegócio no Brasil (Wenderson Araújo/CNA)

Uma recente pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Pesquisa (IBGE) trouxe à luz o protagonismo de duas cidades goianas no cenário nacional do agronegócio. O levantamento minucioso não apenas identificou as localidades com a maior produção de grãos, mas também analisou o valor da produção das lavouras e o rendimento, proporcionando uma visão abrangente do setor.

Rio Verde e Jataí se Sobressaem no Ranking Nacional

De acordo com os resultados da pesquisa, as cidades de Rio Verde e Jataí, ambas situadas em Goiás, conquistaram posições destacadas, ocupando a quarta e a oitava posição, respectivamente, no ranking das mais ricas do agronegócio brasileiro. Essa classificação se baseia em critérios que abrangem não apenas a produção quantitativa, mas também a eficiência e a rentabilidade do setor agrícola.

Além dessas duas potências agrícolas, Cristalina, também em solo goiano, não passou despercebida, conquistando a décima primeira colocação no cenário nacional, consolidando ainda mais a contribuição significativa do estado para o agronegócio brasileiro.

Análise Detalhada a partir da Pesquisa Anual do IBGE

Os dados compilados pelo IBGE foram obtidos por meio da pesquisa anual da Produção Agrícola Municipal (PAM), revelando informações valiosas sobre o desempenho econômico dessas localidades. Em Rio Verde, localizada no Sudoeste do estado, o valor de produção das lavouras permanentes e temporárias atingiu a impressionante marca de R$ 7,9 bilhões. Jataí, situada na região Sul de Goiás, não ficou atrás, registrando um expressivo montante de R$ 6,2 bilhões. Cristalina, por sua vez, contribuiu com R$ 5,4 bilhões para o valor total de produção do estado.

Centro-Oeste: Epicentro do Agronegócio Brasileiro

Os resultados revelam que dos 100 municípios mais ricos do agronegócio, surpreendentes 67 estão localizados na região Centro-Oeste do Brasil. Esse destaque se distribui entre os estados, com 41 municípios em Mato Grosso, 14 em Goiás, 11 no Mato Grosso do Sul e um no Distrito Federal, representado pela capital, Brasília.

Com um valor total superior a R$ 830 bilhões no último ano, a pesquisa reforça a relevância econômica e a pujança do agronegócio brasileiro, destacando o papel fundamental desempenhado pelos municípios goianos nesse cenário de prosperidade e desenvolvimento.

Cultivo de grãos cresce em Goiás; estado é responsável por 10,7% da produção nacional (Wenderson Araújo/CNA)