22 de julho de 2024
NotíciasSaúdeÚltimas

Existe uma investigação em andamento em Goiânia sobre um possível surto de rubéola.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as crianças suspeitas de terem rubéola testaram negativo para a doença. O resultado foi divulgado na tarde desta quarta-feira (08). Essas crianças frequentam um CMEI localizado na região sudoeste de Goiânia.

Conforme informado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as crianças suspeitas de rubéola não foram diagnosticadas com a doença, nem com sarampo ou dengue, após análise das amostras pelo Laboratório Central. A SMS continuará acompanhando o caso. Entretanto, a cobertura vacinal contra a rubéola em Goiânia está em 65%, abaixo do índice recomendado pelo Ministério da Saúde, que é de 95%. A superintendente de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim, alerta que a baixa cobertura vacinal pode levar a possíveis surtos da doença, que é grave e transmissível. Ela destaca a importância da vacinação para evitar a Síndrome da Rubéola Congênita e outras sequelas. A vacina tetraviral está disponível a partir de 1 ano de idade e a meta de 95% de cobertura é essencial para interromper a cadeia de transmissão e prevenir surtos.