24 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Em Goiânia, um morador de rua foi preso após destruir uma agência bancária.

Um indivíduo suspeito, completamente nu, causou danos ao arrancar divisórias, quebrar portas e danificar um aparelho de televisão em uma agência bancária. Ele foi conduzido para a Superintendência Regional da Polícia Federal de Goiás.

(Foto: Reprodução /TV Anhanguera )

Na madrugada deste sábado (5), um morador em situação de rua foi preso após causar danos em uma agência da Caixa Econômica, localizada na Vila Pedroso, em Goiânia. A Polícia Militar (PM) recebeu informações de populares de que um homem estava quebrando a porta de vidro da agência bancária.

Os militares se dirigiram imediatamente ao local e encontraram o suspeito “totalmente sem roupas e descontrolado, segurando uma cadeira”. Imagens do local mostram divisórias de vidro arrancadas e um televisor na recepção completamente quebrado. Cacos de vidro ficaram espalhados por todo o chão.

O homem foi detido e encaminhado para a Superintendência Regional da Polícia Federal de Goiás. Ainda não há informações sobre o motivo que levou o indivíduo a cometer esse ato de vandalismo na agência bancária.

(Foto: Reprodução /TV Anhanguera )

De acordo com as informações dos policiais, para conter o suspeito, foi necessário o apoio de duas outras equipes do Comando de Policiamento de Unidade (CPU). O homem foi algemado e levado para a Superintendência Regional da Polícia Federal de Goiás, uma vez que o crime envolvia dano contra a União.

Além disso, os militares relataram que o suspeito não portava documentos e apresentava indícios de problemas psiquiátricos. Essa situação pode indicar que o comportamento descontrolado e a destruição da agência bancária podem estar relacionados a questões de saúde mental do indivíduo.