12 de julho de 2024
SaúdeTecnologiaÚltimas

O modelo de tecnologia adotado em Goiás para tornar mais fácil o acesso a medicamentos caros é visto como uma referência a ser seguida pelo estado de Santa Catarina.

Márcio Pacheco e Maria Teresa, que são diretores do Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação em Saúde e do Departamento de Assistência Farmacêutica do Estado de Santa Catarina, estiveram em Goiânia para conhecer o sistema de gerenciamento jurídico e assistência farmacêutica especializado utilizado em Goiás. Durante a visita, eles tiveram uma reunião com o Secretário de Estado da Saúde de Goiás, Sérgio Vencio, o diretor do Centro de Medicamentos de Alta Complexidade (Cemac), Roney Pereira Pinto, e a superintendente de Políticas e Atenção Integral à Saúde, Paula dos Santos.

O Centro de Medicamentos de Alta Complexidade (Cemac) de Goiás emprega uma solução que possibilita aos pacientes solicitar medicamentos de alto custo sem sair de suas casas, com renovações disponíveis por telefone ou computador. Essa iniciativa do governo estadual, denominada Farmácia Digital, tem como objetivo aumentar a acessibilidade e a eficiência dos usuários do SUS, além de diminuir o número de pessoas no Cemac Juarez Barbosa. Os pacientes podem abrir um processo para receber medicamentos através do Portal Expresso, identificando-se com login e senha do gov.br. A iniciativa procura garantir a qualidade e a atenção à saúde do paciente, bem como a adesão ao tratamento e uso responsável dos medicamentos. A próxima fase envolve a certificação do sistema, que também permite consultas, renovações e acompanhamento de processos.

A partir de dezembro de 2022, os usuários podem abrir um processo para retirada de medicamentos de alto custo no Portal Expresso, disponível no endereço www.go.gov.br. Para utilizar o serviço, é preciso acessar o serviço “Solicitar Medicamentos de Alto Custo – Cemac JB” e se identificar com login e senha da plataforma gov.br. Para abrir o processo na Cemac Juarez Barbosa, é necessário ter uma receita ou relatório médico com informações sobre o princípio ativo do medicamento e o CID da patologia. A equipe de tecnologia da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) desenvolveu a iniciativa Farmácia Digital para promover acessibilidade e agilidade aos usuários do SUS, além de reduzir o fluxo de pessoas no Cemac. O sistema também permite a consulta, renovação e acompanhamento de processos. O próximo passo é a certificação do sistema.