12 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

A Polícia Militar detém indivíduos suspeitos de terem mantido a secretária do Meio Ambiente de Goiás como refém.

Os policiais efetuaram a prisão dos suspeitos e conseguiram recuperar os veículos que foram roubados.

Suspeitos presos pela PM

A Polícia Militar de Goiás (PMGO), por meio das equipes do 17º Batalhão de Águas Lindas de Goiás, efetuou a prisão de dois homens suspeitos de roubar a residência da secretária do Meio Ambiente de Goiás, Andréa Vulcanis, e mantê-la, juntamente com seus familiares, como reféns.

Os criminosos renderam a secretária e sua família, forçando-os a realizar transferências bancárias e levando dois carros e diversos bens pessoais. Após a ação, eles fugiram com os veículos roubados, uma Mercedes-Benz e um Gol, além dos objetos pessoais.

Com informações do Serviço de Inteligência da PM, a equipe do 17º BPM intensificou o patrulhamento e conseguiu localizar e prender os dois suspeitos, recuperando um dos veículos roubados e os pertences subtraídos.

Além disso, a Polícia Militar de Goiás realizou outras ações relevantes nas últimas 24 horas, incluindo 71 prisões em flagrante, a recaptura de cinco foragidos da Justiça, a apreensão de nove armas de fogo e 45 munições.

Também foi realizada uma apreensão de contrabando de cigarros durante uma operação do Comando de Operações de Divisas (COD) próximo à região metropolitana de Goiânia. Foram encontradas oito caixas contendo 4 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. O motorista e a passageira foram detidos e apresentados na Polícia Federal de Goiânia, juntamente com o veículo e a carga.

Maços de cigarros contrabandeados eram oriundos do Paraguai (Foto: SSP)
Andréa Vulcanis, secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Goiás (Diomício Gomes/O Popular)

Em nota, a assessoria do governo de Goiás informou que a secretária está “fisicamente bem”, e
descreveu o ocorrido. “A secretária de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento
Sustentável, Andréa Vulcanis, sofreu um assalto na residência dela, em Brasília (DF), na
madrugada de domingo (30/07). Ela e a família foram rendidos e obrigados a fazer transferências
bancárias. Dois carros e diversos bens pessoais foram roubados. A Polícia Militar de Goiás atuou
na ocorrência e prendeu dois suspeitos do crime em Águas Lindas, onde recuperou um veículo
roubado e pertences pessoais. Um terceiro suspeito foi preso no Recanto das Emas (DF) pela
Polícia Militar do Distrito Federal, com ele o outro veículo roubado foi recuperado.