12 de julho de 2024
SaúdeÚltimas

Termina neste sábado, a campanha de multivacinação em Goiás

Iniciada em novembro, a campanha em Goiás é uma extensão do Movimento Nacional pela Vacinação, lançada pelo Ministério da Saúde em fevereiro.

A campanha de multivacinação em Goiás, que tem como objetivo a atualização da caderneta de crianças e adolescentes com até 15 anos de idade, se encerra neste sábado, dia 14. Durante a campanha, foram disponibilizados 18 tipos diferentes de imunizantes que protegem contra mais de 30 doenças nas salas de vacinação de todos os municípios goianos.

Essa iniciativa teve início em novembro e faz parte de uma etapa do Movimento Nacional pela Vacinação, que foi lançada pelo Ministério da Saúde em fevereiro. O seu objetivo é restabelecer a confiança dos brasileiros nas vacinas e fortalecer a cultura de vacinação no país. O Ministério da Saúde investiu um total de R$ 150 milhões nessa estratégia inédita, que inclui ações de microplanejamento nos estados, respeitando as realidades locais.

O Plano Nacional de Imunizações (PNI) é considerado um dos programas de vacinação mais bem sucedidos do mundo e é reconhecido como referência global pela Organização Mundial de Saúde. Entretanto, desde 2016, a cobertura vacinal no Brasil tem diminuído consideravelmente. Estima-se que, entre 2019 e 2021, 1,6 milhão de crianças no país não receberam nenhuma dose das vacinas contra a poliomielite e a DTP, que previnem contra difteria, tétano e coqueluche.

Em Goiás, os dados da Secretaria Estadual de Saúde (SES) mostram que a cobertura vacinal em 2023 não atingiu mais de 75% para nenhum dos imunizantes recomendados pelo PNI. Por exemplo, apenas 68,17% do público-alvo recebeu a vacina contra a poliomielite, bem abaixo da meta do Ministério da Saúde, que é de 95%. A vacina contra a febre amarela alcançou apenas 61,06%, o menor índice no Calendário de Vacinação.

Em Goiânia, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) disponibilizou novos pontos de vacinação para o encerramento da Campanha Nacional de Multivacinação. Até o momento, foram administradas 33.246 doses de diversas vacinas na capital. A maior procura tem sido pela vacina HPV Quadrivalente, que oferece proteção contra infecções persistentes e lesões pré-cancerígenas causadas pelo papilomavírus humano (HPV), com 3.435 pessoas já vacinadas. A vacina contra a febre amarela ocupa o segundo lugar, com 2.822 doses aplicadas, e a terceira posição é das vacinas contra a Covid-19, com a imunização de 2.738 cidadãos até o momento.

Zé Gotinha e Maria Gotinha (Iron Braz/SES)

Unidades abertas em Goiânia neste sábado (14)

Cais Vila Nova, Centro Avenida Industrial, s/n – Setor Leste Vila Nova
Ciams Urias Magalhães, Rua Guajajaras, entre Ruas Caritos Madeiras e Paranaíba
S/n, Setor Urias Magalhães
Ciams DR Domingos Viggiano, Praça C-201, s/n, Setor Jardim América

Centro Municipal de Vacinação (CMV), Avenida Edmundo Pinheiro de Abreu, s/n,
Setor Pedro Ludovico Teixeira

USF São Francisco, Avenida das Palmeira, Qd. 89, Lt. 10, Bairro São Francisco
USF Boa Vista, Avenida dos Ipês, Qd. Lt Área, Bairro Boa Vista
CS Dr Afonso Honorato da Silva, Rua 01, Qd.E Lt.08, Setor Água Branca
CS José Egídio Martins, Rua U-47, s/n, Vila União
3ª Edição Viver Cidade (das 8h às 13h), Avenida Brasil, s/n, Residencial Jardim do
Cerrado 3
O atendimento começa às 8h e termina às 17h, exceto na 3ª edição do Viver Cidade, que termina 13h.