22 de julho de 2024
PolíticaSaúdeÚltimas

Rogério Cruz confirma a nomeação de Pollara para a Saúde e agenda o anúncio da reforma para a próxima terça-feira.

Após uma longa reunião realizada ao longo da tarde desta sexta-feira (15) com o seu grupo de assessores (GAP), o prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), anunciou que irá revelar os pormenores da reestruturação do seu corpo de secretários em uma coletiva de imprensa na terça-feira (19).
Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos) (Jackson Rodrigues)

O chefe do Executivo também confirmou que Wilson Pollara assumirá o cargo de Secretário Municipal de Saúde, como previamente mencionado nesta coluna. Pollara, que anteriormente ocupou o mesmo cargo durante a gestão de João Doria na Prefeitura de São Paulo, assumirá suas funções em 1º de outubro, após um período de transição.

A reunião do GAP ocorreu em um momento de crescente pressão sobre Rogério Cruz para realizar mudanças na administração municipal. Devido à demora na implementação de alterações na Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), o presidente da Câmara de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota), chegou a informar a seus aliados que havia suspendido sua participação no grupo. O vereador manteve incertezas sobre sua presença na reunião desta sexta até o último momento.

Rogério negou qualquer mal-estar com Romário e anunciou que fará mudanças na Comurg com base no relatório final da Comissão Especial de Inquérito (CEI) estabelecida pela Câmara. Ele afirmou: “Não tive a oportunidade de analisar o relatório ainda, mas há um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) a ser cumprido, e ele será cumprido”. Uma das recomendações do relatório final é a substituição de Edimar Ferreira da Silva, que ocupa o cargo de diretor de Urbanismo na Comurg. Essa é uma das demandas de Policarpo, que está negociando um aumento na participação dos vereadores na empresa.

Além de Policarpo, o marqueteiro Jorcelino Braga (Patriota), idealizador do GAP, também demonstrou, nos bastidores, impaciência devido à demora na implementação da reforma do secretariado. De acordo com aliados, a reunião desta sexta-feira poderia ter sido decisiva para a permanência de Braga no Paço Municipal, e essa permanência foi finalmente confirmada.