12 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

A Polícia Civil de Goiás apreendeu uma substância alucinógena extraída de sapo que foi trazida do México.

polícia civil apreende substância alucinógena inédita em Goiás

A Polícia Civil de Goiás e do Rio de Janeiro realizaram uma apreensão de cerca de 12 gramas da substância Bufo Alvarius, um alucinógeno que contém o psicotrópico 5-meo-DMT, proibido no Brasil pela Anvisa. O veneno é extraído do sapo de mesmo nome, encontrado no noroeste do México e sudoeste dos EUA, e é utilizado de forma ilegal em cerimônias espirituais. Especialistas alertam que a droga é extremamente perigosa e pode causar problemas respiratórios e cardiovasculares, além de convulsões, ataques de pânico, ansiedade e paranoia. Essa é a primeira vez que essa droga é apreendida nos dois estados.

APREENSÕES DA SUBSTÂNCIA ALUCINÓGENA

No dia 18/03, a Denarc recebeu denúncia de que a substância alucinógena seria usada em uma cerimônia espiritual na Vila Itatiaia, em Goiânia. Chegando ao local, a polícia apreendeu aproximadamente 0,5 gramas da droga com um líder espiritual. Após isso, foram encontrados, em 28/03, na residência do mesmo líder espiritual, em Pirenópolis, cerca de 5,5 gramas da Bufo Alvarius. Durante a investigação, a polícia descobriu que outra pessoa no Rio de Janeiro estaria guardando mais uma porção da substância. Os rituais em todo o estado de Goiás seriam realizados pelo líder espiritual por R$ 300 por pessoa, com a quantidade apreendida sendo suficiente para mais de 500 pessoas, o que demonstra o alto potencial alucinógeno da droga. Com isso, o líder espiritual lucraria cerca de R$ 150 mil com a atividade.