24 de julho de 2024
AgronegócioNegóciosNotíciasÚltimas

O recadastramento dos eventos agropecuários agendados para 2024 deve ser realizado até o dia 31 de dezembro.

A partir de 1º de janeiro de 2024, empresas que não tiverem se recadastrado e quiserem realizar ou participar de algum evento agropecuário terão que se submeter ao processo de cadastro novamente, que exige maior número de documentação e tem valor diferente da taxa de recadastramento.

Empresários do setor de eventos agropecuários estão recebendo um alerta importante da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa): o prazo para o recadastramento de eventos agropecuários programados para 2024 se encerra no dia 31 de dezembro deste ano.

Diversidade de Eventos Agropecuários Englobando leilões, rodeios, exposições agropecuárias, provas equestres, vaquejadas e uma variedade de outros encontros que reúnem animais para finalidades esportivas ou diversas, os eventos agropecuários representam uma parte significativa da dinâmica do setor.

Talita Fernandes, responsável pelo cadastro de eventos e trânsito vegetal, destaca a importância do recadastramento, explicando que, a partir de 1º de janeiro, empresas que não tenham realizado o procedimento e desejem promover atividades desse tipo em 2024 precisarão passar novamente pelo processo de cadastro.

Simplicidade no Recadastramento Em contrapartida, o recadastramento é um procedimento simplificado, exigindo apenas dois documentos: um requerimento e a Anotação de Responsabilidade Técnica, emitida pelo Conselho de Medicina Veterinária. Além disso, é necessário efetuar o pagamento de uma taxa, com vencimento até 31 de janeiro de 2024.

Talita Fernandes ressalta a praticidade desse processo em comparação ao cadastro inicial, que envolve a apresentação de mais documentos e possui uma taxa distinta. A entrega da documentação pode ser feita de duas formas: virtualmente, através do Sistema de Defesa Agropecuária (Sidago), para aqueles que possuem login registrado; ou presencialmente, em uma das 237 Unidades Operacionais Locais distribuídas pelo estado.

Avaliação da Regularidade Após o recadastramento, a Agrodefesa agenda uma vistoria no local para emitir um parecer sobre a regularidade do evento perante as normas e legislações específicas. Essa avaliação visa verificar o cumprimento dos requisitos sanitários vigentes para cada tipo de evento, garantindo a conformidade com as normas estabelecidas.

O não cumprimento do prazo estabelecido pode acarretar em complicações e restrições para a realização de eventos agropecuários em 2024, tornando o recadastramento uma etapa crucial para a continuidade das atividades no próximo ano. Portanto, a atenção dos empresários do setor é fundamental para evitar contratempos e assegurar o pleno desenvolvimento das atividades agropecuárias planejadas.