12 de julho de 2024
SaúdeÚltimas

O Procon emite um alerta sobre um aumento de 9,63% nos planos de saúde.

ANS anuncia rejuste de 9,63% nos planos de saúde individual e familiar

Foi divulgado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) que haverá um aumento máximo de 9,63% no preço dos planos de saúde individuais e familiares. Caso os consumidores identifiquem qualquer irregularidade ou precisem de esclarecimentos sobre o assunto, devem procurar o Procon Goiás.

O valor do reajuste foi definido e aprovado durante uma reunião dos diretores da agência. Ele será válido de 1º de maio de 2023 (com aplicação retroativa) até 30 de abril de 2024. Como diferença nos valores das mensalidades reajustadas em maio e junho serão cobrados em julho e agosto, respectivamente, além do reajuste já previsto para esses meses.

É importante ressaltar que esse reajuste se aplica apenas aos planos médico-hospitalares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à nova legislação (Lei nº 9.656/98). Planos coletivos, sejam empresariais ou por adesão, não estão incluídos nessa decisão. Estima-se que aproximadamente 8 milhões de pessoas podem ser assistidas por essa medida.

Para contatar o Procon Goiás, os consumidores podem utilizar o Disque Denúncia, ligando para o número 151 (na capital) ou para (62) 3201-7124 (no interior). Também é possível registrar reclamações por meio da plataforma Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br). A nível nacional, as demandas podem ser registradas no portal do governo federal, disponível em www.consumidor.gov.br