20 de julho de 2024
EsporteÚltimas

O Goiás avançou para a final da Copa Verde ao vencer o Cuiabá.

Lucas Halter comemora gol marcado contra o Cuiabá

O Goiás está na final da Copa Verde após vencer o Cuiabá por 2 a 0 na Serrinha, com gols de Lucas Halter e Maguinho. O Cuiabá havia vencido o jogo de ida, mas o Goiás reverteu a vantagem e se classificou pela primeira vez para a decisão. Agora, a equipe aguarda o vencedor do confronto entre Remo e Paysandu.

No primeiro tempo, o Goiás pressionou bastante e quase marcou em duas cabeçadas seguidas, enquanto o Cuiabá tentou com Pitta, passando rente à trave de Tadeu. No segundo tempo, Pitta foi expulso após dar uma entrada dura em Sander e, aos 20 minutos, Halter marcou para o Goiás. Maguinho, que entrou no segundo tempo, marcou o segundo gol da equipe. Tadeu ainda salvou o Goiás em uma bela finalização do Cuiabá em cobrança de falta. Deyverson também foi expulso nos minutos finais.

A final da Copa Verde será disputada em dois jogos. O Goiás, que venceu o Cuiabá na semifinal, terá a vantagem de jogar a segunda partida em casa por estar melhor posicionado no ranking nacional de clubes do que Remo e Paysandu. O campeão da competição garante vaga direta na terceira fase da Copa do Brasil do próximo ano.

Antes da final da Copa Verde, o Goiás enfrentará o Atlético-GO no primeiro jogo da final do Campeonato Goiano neste domingo, no estádio Antônio Accioly. Na terça-feira, o Esmeraldino jogará em casa contra o Santa Fe, da Colômbia, pela Copa Sul-Americana. Enquanto isso, o Cuiabá jogará no sábado contra o Luverdense, na Arena Pantanal, pela semifinal do Campeonato Mato-grossense.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS: Tadeu; Apodi (Maguinho), Lucas Halter, Bruno Melo e Sander (Hugo); Zé Ricardo, Willian Oliveira (Philippe Costa), Fellipe Bastos (Felipe Ferreira) e Palacios (Alesson); Nicolas e Vinícius. Técnico: Guto Ferreira
CUIABÁ: Walter; Matheus Alexandre (Deyverson), Marllon, João Maranini e Mateusinho; Denilson (Fernando Sobral), Ronald (Filipe Augusto) e Ceppelini; Jonathan Cafú (Ricardo Cerqueira), Wellington Silva (Rafael Gava) e Isidro Pitta. Técnico: Ivo Vieira
Local: Estádio Hailé Pinheiro, em Goiânia
Árbitro: Paulo Henrique Schleich Vollkopf (MS)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Leandro dos Santos Ruberdo (MS)
Gols: Lucas Halter aos 20’ e Maguinho aos 28’ do 2º tempo (Goiás)
Expulsões: Isidro Pitta e Deyverson (Cuiabá)
Público: 5.613 pagantes
Renda: R$ 79.395,00