12 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Quadrilha especializada em fraudar resultados de jogos da série B do Campeonato Brasileiro

Operação do MP investiga fraude em resultado de jogos do Campeonato Brasileiro — Foto: MP/Divulgação

Nesta terça-feira (14/02), o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), a Coordenadoria de Segurança Institucional e Inteligência (CSI) e o Grupo de Atuação Especial em Grandes Eventos do Futebol (GFUT), do Ministério Público do Estado de Goiás, iniciou a Operação Penalidade Máxima para obter evidências de uma quadrilha especializada em manipular resultados de partidas de futebol profissional da série B do Campeonato Brasileiro. O grupo criminoso alicia jogadores para manipular o resultado das partidas, como cometer pênaltis no primeiro tempo, com o objetivo de obter grandes apostas esportivas. Cada suspeito teria recebido cerca de R$ 150.000 por aposta. A quadrilha agiu em pelo menos três jogos em 2022, e estima-se que a quantia envolvida no esquema ultrapasse R$ 600.000. Foram cumpridos um mandado de prisão temporária e nove mandados de busca e apreensão em diversas cidades do Brasil. A operação conta com o apoio da Polícia Militar, Civil e Penal de Goiás, além dos Gaecos de Minas Gerais e Mato Grosso, do Cyber Gaeco de São Paulo e do Centro de Inteligência do Ministério Público do Rio de Janeiro. As práticas delitivas podem se enquadrar nos crimes previstos no Código Penal, Estatuto do Torcedor e Lei de Lavagem de Dinheiro.