20 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Mecânico suspeito de matar a filha e atirar no genro é preso após buscas, em Ipameri

A Polícia Militar anuncia a prisão do mecânico suspeito de matar a própria filha e atirar contra o genro.
Mecânico suspeito de fugir após matar a filha e atirar no genro foi candidato a vereador (Reprodução/Redes Sociais)

Claudemar Bernardes da Silva, um mecânico de 47 anos, enfrentou uma operação policial que culminou em sua prisão no final da tarde deste domingo (29) em uma área rural de Ipameri, município do interior de Goiás. A prisão foi efetuada pela Companhia de Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar (PM). O caso chocante teve início no sábado (28) e envolveu a trágica morte da filha do suspeito e um ataque a tiros contra seu genro.

Segundo informações do capitão Wilson Martins da Polícia Militar (PM), o crime ocorreu na residência da filha de Claudemar. O mecânico, em busca da ex-companheira que morava no local com a filha e o genro, se envolveu em uma violenta discussão com o genro, Max Uiller Silva, de 28 anos, e efetuou disparos na porta da residência, atingindo-o no abdômen. Tragicamente, a filha do suspeito, Bruna Bernardes, de 23 anos, que estava atrás da porta, também foi atingida, sofrendo um ferimento fatal no pescoço.

O corpo de Bruna foi posteriormente retirado por familiares no Instituto Médico Legal (IML) de Catalão durante a tarde de domingo. O motivo da visita de Claudemar à casa era a busca pela ex-esposa, que, naquele momento, residia lá com a filha e o genro. Como não foi autorizado a entrar na residência, a situação se deteriorou rapidamente, culminando na tragédia que deixou uma vítima fatal e outra gravemente ferida.

O suspeito agora se encontra sob custódia da polícia e enfrentará as consequências legais decorrentes dos terríveis eventos que abalaram a cidade de Ipameri.