24 de julho de 2024
EsporteNotíciasÚltimas

Atlético Goianiense Desliza no Interior Paulista e fica fora do G4

O Atlético Goianiense, que vinha protagonizando uma excelente campanha no segundo turno da Série B, enfrentou um revés inesperado neste sábado (18).

O Atlético Goianiense, que vinha protagonizando uma excelente campanha no segundo turno da Série B, enfrentou um revés inesperado neste sábado (18) ao duelar contra o Mirassol em um confronto crucial pelo G4. Com um desempenho abaixo da média, o Dragão foi derrotado por 4 a 1, perdendo não apenas a partida, mas também a posição de acesso na tabela. Chico Kim, Thalisson Kelven, Zé Roberto e Cristian balançaram as redes para os paulistas, enquanto Dodô descontou para a equipe campineira.

O resultado negativo representa o quarto jogo consecutivo sem vitória para o Atlético Goianiense, que acumula dois empates e duas derrotas nas últimas partidas. Com 61 pontos, a equipe agora ocupa a 5ª colocação, empatada em pontos com o 4º colocado, o Vila Nova. Enquanto isso, o Mirassol, ao somar 60 pontos, entra na briga pelo acesso, ocupando a 8ª posição.

Na última rodada da Série B, o Atlético Goianiense enfrentará o Guarani no Estádio Antônio Accioly, no dia 25 de novembro, às 17 horas. A equipe precisa buscar a vitória para recuperar a posição no G4. Já o Mirassol terá um confronto contra o Tombense no mesmo dia, em Tombos.

O Jogo

O duelo entre Mirassol e Atlético Goianiense, essencial para as pretensões de acesso, começou movimentado. Aos 3 minutos, Chico Kim acelerou em direção à área, finalizando com precisão para abrir o placar. Apesar da busca do Dragão pela virada, a equipe enfrentou dificuldades na criação de jogadas. Aos 22 minutos, um lance polêmico envolvendo o VAR: Lucas Ramon foi derrubado dentro da área, inicialmente marcando um pênalti para os paulistas, mas a decisão foi revertida após revisão.

O VAR novamente entrou em cena aos 41 minutos, assinalando um pênalti a favor do Mirassol após falta em Matheus Sales. Na cobrança, Luiz Fernando acertou a trave, mas o castigo para o Atlético Goianiense veio aos 46 minutos, quando Chico Kim cobrou falta na cabeça de Thalisson Kelven, ampliando a vantagem para os paulistas.

O segundo tempo começou agitado. Aos 3 minutos, Negueba foi derrubado por Gabriel Baralhas dentro da área, resultando em mais um pênalti para o Mirassol. Luiz Fernando converteu a penalidade, ampliando para 3 a 0. O Atlético Goianiense descontou com Dodô aos 23 minutos, mas Zé Roberto, aos 30, e Cristian, aos 42, marcaram mais dois gols para o Mirassol, selando a vitória por 4 a 1. O resultado deixa o Dragão em situação delicada na reta final da competição.