24 de julho de 2024
EducaçãoTecnologiaÚltimas

Estudantes da Escola do Futuro em Goiás criam um aplicativo para mobilidade.

Alunos da Escola do Futuro criam app de transporte - Agência Cora Coralina  de Notícias

Um grupo de quatro jovens, entre 15 e 17 anos, de uma escola pública, se juntou para criar um aplicativo de mobilidade urbana em Santo Antônio do Descoberto, na região do Entorno do Distrito Federal. O Tilary App foi desenvolvido pelos alunos da Escola do Futuro do Estado de Goiás (EFG) Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira e atenderá a cidade de 77 mil habitantes. A ideia é oferecer passagens de mototáxi e serviço de entregas, além de mobilizar carros, já que a cidade não contava com um serviço de mobilidade urbana até então. A demanda foi identificada pelos alunos no ano passado, durante o mapeamento estratégico da cidade. A proposta é resolver a falta de acesso e funcionalidade de outros aplicativos na região, que tem dificuldade de ser atendida por aplicativos convencionais e sofre com a carência da oferta de transporte coletivo. O projeto foi elaborado em linguagens inovadoras, como a Python, para sustentar a inteligência artificial. O aplicativo já foi lançado em lojas oficiais e está em fase de validação.

HISTÓRIA E CARREIRA

Gabriela, estudante da Escola do Futuro de Goiás (EFG) Sarah Luísa Kubitschek, está fazendo história na instituição. Ela se matriculou no curso de Tecnologia e Inovação para Startups em 2022 e, desde então, concluiu mais quatro cursos: E-Commerce, Python Básico, Gestão de Projetos e Técnico em Desenvolvimento Web Mobile, alcançando resultados notáveis em um curto período de tempo. Para atingir esses resultados, a jovem optou por estudar em todas as modalidades oferecidas pela Escola do Futuro. “Estudei presencialmente, online e a distância e em todas obtive bons resultados”, comentou, acrescentando que o curso em Desenvolvimento Web Mobile tem sido muito útil em sua graduação em Engenharia de Software.

ESCOLAS DO FUTURO

O Governo de Goiás criou as Escolas do Futuro (EFGs) para atender jovens no ensino médio e superior, pessoas em busca de novas oportunidades de trabalho e empreendedores. Além da EFG em Santo Antônio do Descoberto, Goiás conta com outras três unidades: José Luiz Bittencourt, em Goiânia; Luiz Rassi, em Aparecida de Goiânia; e a EFG em Artes Basileu França, também localizada em Goiânia. Para se inscrever ou saber mais sobre os cursos oferecidos, é só acessar o site efg.org.br.