12 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

Associação criminosa responsável por golpes virtuais é desmantelada

Durante a operação policial, quatro indivíduos (três em Catalão e um em Formosa) foram detidos, e como resultado, dois veículos foram apreendidos e os valores em contas bancárias foram bloqueados por ordem judicial.

Nesta quinta-feira (3), o Grupo Especial de Investigações Criminais (Geic) da 8ª Delegacia Regional de Rio Verde, com apoio das Polícias Civis de Catalão e Formosa, efetuou a prisão de quatro membros de uma associação criminosa envolvida em golpes virtuais.

A investigação apontou que o grupo estava praticando o crime de estelionato virtual desde o mês de fevereiro em Rio Verde. Na ocasião, uma empresa de grãos sofreu um prejuízo de R$ 235 mil.

Os golpistas entraram em contato com um comprador de grãos, fingindo ser um corretor conhecido do produto. Eles ofereceram 7 mil sacas de soja por R$ 1,1 milhão, alegando que o produto estava sendo vendido por uma empresa legítima na zona rural de Ipameri.

Para liberar a mercadoria, os golpistas solicitaram um adiantamento de R$ 235 mil ao comprador. Em seguida, os criminosos entraram em contato com a empresa vendedora e enganaram o vendedor, direcionando o pagamento para a conta deles, ao invés da conta da empresa.

Os compradores fizeram o adiantamento e foram até o local indicado, mas não conseguiram carregar as sacas de soja, pois o pagamento não chegou à empresa vendedora. Os golpistas conseguiram fugir com o dinheiro.

Além da prisão dos quatro indivíduos (três em Catalão e um em Formosa), a ação policial resultou no bloqueio judicial de dois veículos e dos valores presentes nas contas bancárias dos criminosos, com o objetivo de ressarcir as vítimas afetadas pelo golpe virtual.

(Foto: PC)