12 de julho de 2024
EsporteÚltimas

Vila Nova ganha do Atlético Goianiense em um Clássico Eletrizante pela Série B

O Estádio Olímpico Onésio Brasileiro Alvarenga, popularmente conhecido como “OBA,” foi o palco de um emocionante clássico goiano entre Vila Nova e Atlético Goianiense.

Com a vitória, o Vila Nova mantém viva a esperança de alcançar o acesso à Série A. Com 54 pontos, o time subiu para a 8ª posição na tabela, estando apenas 3 pontos atrás do G4. O Atlético Goianiense, por sua vez, soma 59 pontos e se mantém na 3ª posição na Série B.

Na próxima rodada, o Dragão enfrentará o Novorizontino na quarta-feira (1), no Estádio Antônio Accioly, em um confronto crucial. Enquanto isso, o Tigrão terá um desafio no Barradão, no domingo (5), quando enfrentará o Vitória.

O Jogo

O clássico goiano teve início com muita intensidade, com ambos os times buscando o controle do jogo, resultando em um duelo marcado por marcações rigorosas, lances disputados e poucas oportunidades claras de gol. Cristiano tentou um arremate de longa distância, e a bola passou rente à trave do goleiro Ronaldo.

O Atlético Goianiense também enfrentou dificuldades para criar oportunidades. A melhor chance da equipe veio com Gustavo Coutinho, que recebeu dentro da área, mas finalizou por cima do gol. Nos acréscimos do primeiro tempo, o Vila Nova teve a chance mais clara de marcar. Após um cruzamento na área, a bola encontrou Rafael Donato, que cabeceou com força, mas Ronaldo fez uma defesa espetacular.

Enquanto o primeiro tempo foi marcado pela escassez de chances claras, o segundo tempo foi eletrizante desde o início. Logo aos 2 minutos, o Atlético Goianiense abriu o placar após uma cobrança de falta, com Luiz Felipe aparecendo na segunda trave para empurrar a bola para as redes. O Dragão teve a oportunidade de ampliar sua vantagem, com Gustavo Coutinho servindo Alix, que, cara a cara com o goleiro, mandou a bola por cima do travessão.

O Atlético Goianiense estava melhor em campo, mas aos 20 minutos, Bruno Tubarão, do Vila Nova, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso após a arbitragem considerar uma simulação. Com um jogador a mais, o Tigrão intensificou seus esforços e conseguiu o empate aos 34 minutos. Após um cruzamento da direita, Rodrigo Gelado surgiu e cabeceou a bola para as redes.

Entretanto, aos 36 minutos, Luciano Naninho, do Vila Nova, também recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, igualando o número de jogadores em campo. O jogo terminou com o placar empatado, mas foi marcado por intensidade, reviravoltas e lances emocionantes, deixando os torcedores ansiosos por mais emoções na próxima rodada.