12 de julho de 2024
EsporteNotíciasÚltimas

A Justiça absolve Raimundo Queiroz das acusações feitas pelo Goiás.

Na última semana, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) absolveu Raimundo Queiroz, ex-presidente do Goiás, das acusações feitas pelo Goiás Esporte Clube de desvios de verbas dos cofres do clube. Queiroz foi presidente do time por dois mandatos, de 2003 até 2006. Segundo a defesa do ex-dirigente, as acusações foram políticas e visaram afastá-lo de disputas políticas internas no clube e isentar o Goiás de responsabilidades contra credores da época de Queiroz. A Justiça também reconheceu a legalidade dos contratos de mútuo e de confissão de dívida que foram questionados durante o processo criminal. Raimundo Queiroz também teve passagens por outros clubes, como Vitória, Santa Cruz, Criciúma e Feirense-BA, além de ter atuado no futebol goiano pelo Goiânia e Aparecida.