20 de julho de 2024
NotíciasPolíciaÚltimas

A Polícia Federal investiga irregularidades na gestão de recursos em uma organização social (OS) durante a pandemia e cumpre mandados em Goiânia.

Seis mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Federal em Goiânia, como parte de uma operação para investigar desvios de recursos públicos na área da saúde durante a pandemia de Covid-19 em 2020. A investigação descobriu que os sócios de empresas contratadas para prestar serviços para uma organização social (OS) repassavam parte do dinheiro para outras empresas de fachada, controladas pelos gestores da OS. Os investigados podem ser acusados de peculato, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e associação criminosa, com pena máxima de 37 anos de reclusão. A PF não divulgou os nomes dos envolvidos.