12 de julho de 2024
EducaçãoEsporteNotíciasÚltimas

O Parque Aquático de Goiânia passará por uma renovação.

O Governo de Goiás vai reformar Parque Aquático de Goiânia, com investimento previsto de R$3,8 milhões.

(Foto: Mantovani Fernandes)

O Parque Aquático de Goiânia, um dos espaços mais icônicos para o esporte em Goiás, está prestes a passar por uma emocionante transformação. Situada no coração da capital, a piscina olímpica, que já foi palco de inúmeras competições desde sua inauguração em 1979, se prepara para uma extensa reforma, que trará de volta sua funcionalidade e restaurará a tradição esportiva que a caracteriza.

A Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) fechou um acordo com a Caixa Econômica Federal, garantindo um investimento de R$ 3,8 milhões, que será destinado à revitalização e modernização dessa praça esportiva. A piscina principal, com seus impressionantes 50 metros de extensão, encontra-se interditada desde 2013, quando problemas estruturais foram identificados.

Enquanto a reforma não é concluída, o Parque Aquático continua suas atividades nas duas piscinas menores, de 25 metros de extensão. O governo estadual oferece à comunidade programas de iniciação esportiva, atividades saudáveis e paradesporto, incluindo aulas de natação para todas as idades e turmas de hidroginástica para o público adulto, com foco especial no atendimento à terceira idade.

O secretário de Esporte e Lazer, Edson Sales, destacou a importância desse projeto e a recuperação desse espaço tão significativo. Ele ressaltou que “uma estrutura como o Parque Aquático desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do esporte de alto rendimento na natação. Este local tem uma história rica e uma tradição que não pode ser esquecida. Por isso, a reforma é uma das principais prioridades do governador Ronaldo Caiado.”

Os estudos e projetos de engenharia foram concluídos e entregues à Caixa, que atualmente está analisando a documentação. Após a aprovação, a fase de licitação das obras terá início, com previsão de conclusão até o final de 2025.

A reforma abrangerá a completa reestruturação da piscina olímpica, com a instalação de novos blocos de partida, bem como a restauração de todos os sistemas hidráulicos e elétricos. Além disso, o projeto prevê reformas nos vestiários e banheiros, bem como nas salas administrativas localizadas abaixo das arquibancadas. Uma novidade importante é a construção de um novo pódio, uma casa de máquinas e adaptações para garantir a acessibilidade de pessoas com deficiência.

Após a conclusão das obras, a piscina olímpica voltará a ser um ponto de referência essencial para o desenvolvimento do esporte de alto rendimento, além de servir como um centro de atividades esportivas para a comunidade local e promover a integração comunitária. Essa renovação marca um novo capítulo emocionante na história do esporte goiano, fortalecendo o compromisso com o esporte e a saúde na região.

Investimento previsto de R$3,8 milhões (Foto: Mantovani Fernandes)