20 de julho de 2024
EducaçãoNotíciasÚltimas

Inaugurada pelo Detran a Central de Monitoramento de aulas práticas e teóricas.

Durante uma coletiva de imprensa, o presidente do Detran-GO, Delegado Waldir, apresentou imagens de irregularidades detectadas pela autarquia.
Detran inaugura Central de Monitoramento de aulas práticas e teóricas
De acordo com Delegado Waldir, a sala do monitoramento eletrônico é inovadora e ajudará a combater fraudes no processo de formação de condutores (Foto: Detran)

Nesta terça-feira (27), o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) inaugurou a Central de Monitoramento das aulas práticas e teóricas. Essa central, equipada com 15 telas, permite acompanhar as aulas dos cursos teóricos e práticos de formação de condutores em todo o estado.

Diariamente, são realizadas mais de oito mil aulas. Estima-se que, em Goiás, sejam ministradas 7.300 aulas práticas por dia, sendo 5.800 para categorias de veículos de quatro rodas (B, C, D e E) e 1.500 para motocicletas (categoria A). Além disso, são ministradas 723 aulas teóricas on-line remotas por dia.

A criação da Central de Monitoramento tem como objetivo fiscalizar e aprimorar o processo de formação de condutores, além de coibir fraudes. Anteriormente, o Detran-GO realizava a fiscalização de forma amostral, contando apenas com um servidor responsável pelo trabalho. Agora, a fiscalização será intensificada, contando com a participação de 23 servidores.

Durante uma coletiva de imprensa, o presidente do Detran-GO, Delegado Waldir, apresentou imagens de irregularidades detectadas pela autarquia. Entre os exemplos, foi mostrada uma aula que teria sido validada, mas, quando a câmera interna foi verificada, não havia nem aluno nem instrutor no veículo.

Também foram exibidas imagens de um curso teórico em que os alunos e até mesmo os instrutores colocavam fotografias na frente da câmera para validar a aula, em vez de registrar o próprio rosto.

A Central de Monitoramento irá verificar o cumprimento das cargas horárias estabelecidas por lei para os cursos teóricos de primeira habilitação, cursos práticos de habilitação, mudança ou adição de categoria, além de cursos de reciclagem e especializados (como transporte de passageiros, transporte de carga, transporte escolar, entre outros). Também será verificada a aplicação do conteúdo obrigatório para cada modalidade.

Segundo o presidente Delegado Waldir, a sala de monitoramento eletrônico é inovadora e auxiliará no combate a fraudes no processo de formação de condutores. Ele ressalta que existem muitos profissionais e empresas sérias nesse ramo, mas os infratores serão chamados para um diálogo e, se necessário, as medidas adequadas serão tomadas.