24 de julho de 2024
NotíciasReligiãoÚltimas

Durante a Procissão do Fogaréu, o governador Ronaldo Caiado destacou a importância da cultura e da fé para o povo goiano.

Na noite de quarta-feira (05/04), a cidade de Goiás se iluminou com as tochas dos farricocos que acompanharam a Procissão do Fogaréu, uma manifestação de fé e tradição cristã com séculos de história. O governador Ronaldo Caiado e a primeira-dama do Estado, Gracinha Caiado, acompanharam o percurso, que foi registrado por milhares de pessoas. Para o governador, eventos como esse ajudam a promover o turismo e a cultura local, mostrando a beleza do estado e incentivando melhorias na qualidade de vida do povo goiano.

TRADIÇÃO

A Procissão do Fogaréu é um evento que acontece na antiga capital goiana desde 1745 e foi introduzido pelo padre espanhol João Perestello de Vasconcelos Spíndola. Essa celebração católica remonta à prisão de Jesus Cristo pelos soldados romanos. A encenação é composta por 40 farricocos que percorrem as ruas e becos da cidade de Goiás, tendo como ponto de partida o Museu de Arte Sacra da Boa Morte.

Durante o percurso, os espectadores esperam pelo grupo que segue pelas ruas vestindo longas túnicas coloridas, chapéus pontudos, descalços e portando tochas chamadas archotes. O governador Ronaldo Caiado, que tem forte ligação com a antiga Vila Boa e a Procissão do Fogaréu, foi um dos muitos espectadores que carregaram os tradicionais archotes que iluminam a cidade após a meia-noite da Quinta-Feira Santa.

Para Caiado, esse evento é uma oportunidade para despertar sentimentos como amor ao próximo, solidariedade e reflexão sobre o exemplo de Jesus Cristo. Como governador do Estado, ele expressou seu orgulho em poder assistir a essa festa mais uma vez e destacou a importância do evento para o turismo e a cultura local.

A OVAT (Organização Vilaboense de Artes e Tradições) e a Prefeitura de Goiás são responsáveis pela organização da Procissão do Fogaréu, evento que recebeu um investimento de R$ 115 mil do Governo de Goiás neste ano. O programa Goyazes, da Secretaria de Estado da Cultura, contempla a iniciativa, que também é patrocinada pela rede de varejo Novo Mundo. A secretária de Estado da Cultura, Yara Nunes, ressalta a importância do evento para a economia da cidade e para a tradição religiosa e cultural. As celebrações da Semana Santa em Goiás incluem diversas atividades religiosas, como missas, procissões, vigílias, orações e espetáculos da Via Sacra, que ocorrem em igrejas e outros locais da cidade. A Procissão do Fogaréu foi votada para se tornar patrimônio imaterial de Goiás pela Assembleia Legislativa do Estado e deve receber a sanção do governador Ronaldo Caiado nos próximos dias.

O prefeito de Goiás, Aderson Gouvea, destacou a cooperação com o governo estadual na organização da festa. “A cidade está feliz por receber tantos visitantes. As pessoas vêm com amor para viver esse momento”, disse ele. O servidor público Gildásio Rodrigues e sua família saíram de Goiânia para a antiga capital apenas para assistir à procissão. “É algo muito interessante, bem divulgado e a população veio em peso. Eu gostei e pretendo voltar no próximo ano. Temos que valorizar”, enfatizou.