12 de julho de 2024
SaúdeÚltimas

O governador Ronaldo Caiado apresentou as obras do CORA – Complexo Oncológico de Referência de Goiás.

Nesta segunda-feira, 13, às 9h30, o governador Ronaldo Caiado dará início às obras do Complexo Oncológico de Referência do Estado de Goiás (CORA), um novo hospital que será construído em Goiânia, próximo à Central de Abastecimento de Goiás (Ceasa) e à BR-153. Com recursos do Tesouro Estadual no valor de R$ 427,7 milhões, a unidade contará com uma área total construída de 44,7 mil metros quadrados e terá 148 leitos para internação de pacientes adultos e pediátricos. As instalações incluem recepção, ambulatório, laboratório, setor de exames por imagem, centro de infusão quimioterápico, UTI adulto e pediátrico, centro cirúrgico, centro de material e esterilização, enfermaria, gerador de energia, farmácia, almoxarifado e serviços de apoio.

A proposta do Governo de Goiás é de uma ampla rede hospitalar oncológica, sendo o Hospital do Câncer de Goiás uma unidade de referência com atendimento clínico e cirúrgico, quimioterapia, radioterapia e UTI especializada. Inicialmente, o tratamento oncológico será destinado às crianças, e posteriormente será ampliado para adultos. “Será a maior estrutura de tratamento de câncer de crianças instalada em Goiânia. Será uma obra relevante, já que sabemos que mais de 14 mil crianças morrem no Brasil sem serem diagnosticadas ou tratadas”, afirmou o governador.

O nome do hospital é uma homenagem à poetisa goiana Cora Coralina e reflete a proposta de oferecer um tratamento humanizado e de ponta aos pacientes. O Complexo Hospitalar Oncológico seguirá o modelo construtivo e arquitetônico do Hospital de Amor, em Barretos (SP), um dos maiores centros de atendimento a pacientes com câncer no Brasil. O projeto é executado em parceria com a unidade paulista, que inclusive enviou uma equipe de técnicos para conhecer o local da obra, em terreno doado pelo governo federal.